A rocha de Roswell

Uma pedra estranha com propriedades magnéticas
incomuns, com marcas profundas e que parece ser as fases de lua, um
eclipse solar e a representação de uma supernova, foi descoberta nos
arredores de Roswell. Sua descoberta assustou os investigadores,
cientistas e todos que a examinaram.

Se for
provado que a pedra é de origem extraterrestre, será a segunda vez em
menos de um século que a área de Roswell recebe contatos do espaço.

Sam
D. LaGrone, prefeito de Roswell que de fato viu e tocou a pedra durante
o fim de semana, disse, "É uma pedra muito estranha… Toquei nela, e a
senti, e não identifiquei como esta pedra poderia ter sido produzida."

Esta
pedra, ele disse, acrescenta mais um elemento para o mistério que
envolve Roswell, 61 anos depois do incidente envolvendo um OVNI em 1947
e que supostamente foi acobertado pelas autoridades militares.

A
pedra é colorida e tem uma cor de vinho avermelha bem intensa, mede
menos de cinco centímetros, e pesa aproximadamente 40 gramas, foi
descoberta em setembro de 2004 por um empresário de Roswell chamado
Robert Ridge, de 50 anos de idade, que disse que a achou enquanto
caçava cervos na Cedar Hill, que fica a 17 milhas de onde o incidente
de Roswell de 1947 aconteceu.

"Vi algumas
pegadas recentes no solo e as segui", ele disse. "Foi quando notei a
pedra parcialmente exposta no lado de um buraco na areia. Mas não a
peguei logo porque pensava que havia cervos um pouco mais para cima da
colina, e não quis interromper minha caçada."

"Quando
percebi que as pegadas eram de cabras, voltei pelo mesmo caminho que
fiz, e apanhei a pedra, e a coloquei no meu bolso," ele disse.

Depois
de mostrar a pedra para família e seus amigos, ele decidiu mantê-la
numa caixa num depósito seguro até o ano passado, quando de repente
teve a curiosidade para descobrir a verdade sobre esta pedra.

"Em
julho de 2007, fui apresentado aos ufólogos Chuck Zukowski e Debbie
Ziegelmeyer, e eles ficaram surpresos quando viram esta pedra," ele
disse.

Zulkowski disse que os ufólogos
ficaram bastante impressionados, e que eles mostraram a pedra a vários
especialistas, incluindo os melhores antropólogos do Novo México,
"todos eles afirmaram que jamais viram algo parecido com isto."

"Eles
falaram que não havia nenhum jeito desta pedra ter sido marcada ou
perfurada exatamente do modo que ela foi sem equipamentos modernos e
sofisticados, sem o uso de laser ou jatos d’água de alta velocidade
para alimentarem as brocas," afirmou Zukowski.

A imagem do artefato parece literalmente ter sido arrancada da superfície da pedra de minério ferroso e vermelho.

"Apesar de sua estranha aparência, a pedra tem propriedades magnéticas," contou Zukowski.

"A
pedra retém sua polaridade magnética no qual um ponteiro de bússola irá
girar e registrar seu campo magnético há metros de distância." "A pedra
oval também irá girar quando um imã for colocado em cima da superfície
da imagem dependendo de sua posição," acrescentou.

Zukowski
e Ziegelmeyer disseram que os arqueólogos pediram para a pedra ser
submetida a uma análise de laboratório, o que eles chamam de fase dois
de suas investigações.

Um antropólogo descreveu a pedra como sendo semelhante a um magneto.

Os
magnetos foram mencionados na literatura durante séculos como pedras
possuindo propriedades mágicas e místicas. Existem lendas antigas onde
as pessoas informam que quando seguravam os magnetos em suas mãos que
seu corpo tremia, e que este tipo pedra já curou uma porção de doenças,
inclusive picadas de cobra e dores de cabeça.

Os americanos nativos usavam magnetos como uma espécie de um amuleto contra cobras, mas o desenho contido nela,  não se refere a nenhuma cultura antiga dali da região.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: