A urna de Tiago

Pontos de interrogação que se transformam em pontos de exclamação! Essa urna ossuária autêntica, com a idade de quase 2000 anos e 50 centímetros de comprimento – encontrada em escavações arqueológicas efetuadas na Terra Santa, precisamente no interior de uma caverna e atualmente em poder de um colecionador israelense que, por razões de segurança, prefere se manter anônimo – tem a seguinte inscrição: "TIAGO, FILHO DE JOSÉ, IRMÃO DE JESUS"! O costume do Povo Judeu de usar urnas como essa para guardar ossos proveio desde o ano 20 Antes de Cristo até quando os romanos destruiram Jerusalém no ano 70 D.C. – Os corpos eram sepultados em cavernas aguardando a ocasião em que os ossos eram recolhidos e encerrados em urnas mortuárias, voltando então às cavernas. Tiago, fundador da Igreja de Jerusalém, considerado santo pela Igreja Católica, segundo registros históricos foi martirizado por apedrejamento por volta dos anos 62 ou 63 D.C. pelo fato de pregar a divindade de Jesus….. E ficou comprovado que essa urna é, de fato, originária do ano 63 D.C.! Ben Witherington, Professor de Novo Testamento do Asbury Theological Seminary, situado em Wilmore, Kentucky, um dos inúmeros cientistas e estudiosos que examinaram essa sensacional peça arqueológica, comprovando a sua autenticidade, declarou à revista National Geopgraphic : – "Esta provavelmente vai ser a maior descoberta do Novo Testamento de toda a minha vida, tão grande quanto os Manuscritos do Mar Morto". De fato, concordamos plenamente com essa afirmação do renomado Professor! Na foto, as inscrições da urna mortuária, em aramaico originário da época e, portanto, uma outra prova da sua autenticidade – já que a idade dessa forma de escrita pode ser mensurada pelo fato de ter sofrido diversas alterações com o passar do tempo: Ya’akov bar Yosef akhui diYeshua. Tal como os Manuscritos do Mar Morto que trouxeram uma nova luz histórica, revelando verdades que foram ocultadas durante muito tempo, essa sensacional descoberta tem dupla e relevante importância, não só por comprovar a real existência de Jesus (o que, por sinal, muitos negam), como também pelo fato de abalar todas as estruturas em que baseiam os dogmas religiosos. Vamos, então, analisar os fatos: segundo as Escrituras, Jesus era conhecido como "O Filho de Deus" e, portanto, jamais poderia ter tido um irmão. Maria O concebeu virgem e assim permaneceu até a sua morte. José – o carpinteiro e seu pai adotivo – era monógamo e nunca se uniu a uma outra esposa. Curiosamente, temos na Bíblia uma comprovação disso, exatamente em PAULO, AOS GÁLATAS, Cap. 1, Vs. 18/19 (grifos nossos): – "Então, três anos depois, subi a Jerusalém para visitar a Cefas e fiquei com ele quinze dias. Mas não vi nenhum outro dos apóstolos, a não ser TIAGO, O IRMÃO DO SENHOR". Por outro lado, a Bíblia também deixa escapar a existência de uma família de Jesus, precisamente em Mateus, Cap. 13, Vs. 55: – "Não é este o filho do carpinteiro? Não se chama a sua mãe Maria e seus irmãos TIAGO e José, Simão e Judas? E suas IRMÃS, não estão todas elas aqui conosco?". Ouçamos novamente o Professor Witherington, referindo-se à existência da urna: – "Se você é católico pensará que são primos, por causa da perpetuidade da virgindade de Maria, conforme a Doutrina da Igreja. Porém, há uma série de problemas diante desse registro histórico. O ossuário nos dá uma nova peça de evidência, contestando a Bíblia, de que existiram irmãos e irmãs de sangue de Jesus". Em outras palavras, fica finalmente revelado um segredo que foi ciosamente guardado durante quase dois milênios: a existência de uma família do Mestre Jesus, o qual, inclusive, foi casado e também deixou uma descendência! E agora?
Clique na foto para aumentar.
Falça seu comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s